Sociedade civil organizada defende a suspensão de novos empreendimentos hidrelétricos no Pantanal até que sejam finalizados os estudos da região

O Observatorio Pantanal, que representa atualmente 37 organizações que atuam na conservação da Bacia do Alto Paraguai (BAP), vem à público se posicionar diante do vencimento da resolução Nº 64/2018 da Agência Nacional de Águas (ANA), que suspendia as concessões de direito de uso de recursos hídricos para novos empreendimentos hidrelétricos em rios do Pantanal.…

Rede trabalha na prevenção de eventos climáticos extremos no Pantanal

Foto: Aguinaldo SilvaInformações ECOA Você já ouviu falar na Rede Clima Pantanal? A rede foi desenvolvida pela Ecoa, membro do Observatorio Pantanal, em novembro de 2014, a partir das principais demandas das comunidades e da sociedade, em especial por políticas públicas que tratem de medidas preventivas e adaptativas frentes aos eventos climáticos extremos ocorridos nos…

Mapa dinâmico traz dados inéditos sobre as represas na BAP

Instrumento representa o avanço nas pesquisas sobre os impactos do setor hidroenergético na região Com informações ECOA A Ecoa – Ecologia em Ação, uma das instituições-membro do Observatorio Pantanal acaba de atualizar a versão do Mapa das Represas da Bacia do Alto Paraguai (BAP). O resultado vem após longas pesquisas, dedicação e interlocução de pesquisadores…

Estudo apresenta panorama atual de infraestrutura na Bacia do Alto Paraguai

O WWF-Brasil, membro do Observatorio Pantanal, encomendou um levantamento minucioso de todas as iniciativas relacionadas à infraestrutura na Bacia do Alto Paraguai (BAP) para que seja possível um futuro diagnóstico, com o apoio de outras organizações, que indique possíveis impactos ambientais e principais ameaças à conservação do bioma. O estudo, realizado pela empresa Sitawi considerou…

Considerações sobre a liberação da cana no Pantanal e na Bacia do Alto Paraguai

Por ECOA No dia 5 de novembro foi publicado no Diário Oficial da União o decreto do presidente da República revogando o Decreto nº 6.961/2009, que estabelecia o zoneamento agroecológico da cana-de-açúcar (ZAE Cana). A medida era anunciada pela ministra Tereza Cristina da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) desde março de 2019. Vale lembrar que…